Onde está a audiência do futuro?

Nem sabemos ainda como será o jornalismo do futuro mas, na dúvida, é bom acompanhar as audiências. E a galerinha de 15 a 24 anos diminuiu sua presença em redes sociais de 55% para 50% durante o último ano.

É isso que mostra uma pesquisa comentada pelo Guardian. Segundo a análise, é a primeira vez que se vê uma queda assim.

Por outro lado, titios e titias de 25 a 34 anos (me incluo) estão mais firmemente presentes em redes como o Facebook. O acréscimo de registro do pessoal dessa faixa etária foi de 6% em um ano. Ainda assim, somos minoria. A galerinha fica com 50% dos perfis e, nós, com 46%. Mas estamos ali, por una cabeza.

Tri esse dado:
Overall, 30% of British adults have a social networking profile, against 21% in 2007 when Ofcom first did the research. Half the UK’s online population have a Facebook profile and spend an average of nearly six hours a month on the site compared with four hours in May 2008.

A análise final é clara: os dados sugerem que os jovens estão permanecendo menos tempo e estão em menor quantidade nas redes sociais.

Daí vêm as questões:
- redes sociais são a febre de apenas uma geração que está envelhecendo?
- onde estão navegando os jovens?
- como faremos jornalismo para eles?

Valeu, Pase, pelo link!

About Ana Brambilla

Sou jornalista, doutoranda em jornalismo e mídias sociais, nasci em Porto Alegre, amo São Paulo e moro em Buenos Aires ^.^
This entry was posted in Mídia Social, reflexões, Tecnologices and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>